Beatificação

Dia 29 de janeiro de 2012, foi beatificada Hildegard Burjan, a fundadora da Congregação das Irmãs da Caridade Social. A celebração solene foi na Catedral de Viena, na Áustria, presidida pelo Cardeal Ângelo Amato, representante do Papa, concelebrada pelo Cardeal Arcebispo de Viena, por vários bispos e sacerdotes.

Cerca de cinco mil pessoas participaram da celebração. A beatificação teve ampla repercussão e houve grande interesse por parte das autoridades, principalmente políticas, que buscaram conhecer aquela que foi a única mulher no Parlamento, na Primeira República da Áustria.
O Cardeal Arcebispo de Viena ressaltou o testemunho de fé de Hildegard Burjan, seu exemplo de fidelidade aos princípios cristãos na sua atuação política e de amor aos mais necessitados.
Disse ainda: “Para toda a Áustria e para o mundo, Hildegard Burjan é uma figura impressionante”.

Pela primeira vez na História, um membro de Parlamento é beatificado. O cardeal ressaltou ainda, que a santidade é uma realidade possível na vida de todos os cristãos que vivem sua fé com radicalidade evangélica. Disse aos políticos, que também eles podem e devem almejar esse caminho, conforme testemunho de Hildegard Burjan.

Agora, o testemunho de santidade de Hildegard não é apenas uma luz para a Caridade Social, mas para toda a Igreja.
A memória da Bem-Aventurada, ou Beata Hildegard Burjan, será celebrada sempre no dia 12 de junho.

ORAÇÃO

Senhor, o seu amor misericordioso tocou profundamente o coração da Bem-Aventurada Hildegard Burjan, despertando nela uma entrega total à sua vontade e doação sem limites aos pobres e sofredores.Por sua intercessão venho suplicar-lhe a graça (fazer o pedido…) que tanto necessito neste momento.
Conceda-me ainda, que a exemplo de Hildegard, eu saiba buscar a sua vontade em tudo na minha vida, e uma fé inabalável para que eu não vacile diante das dificuldades. Amém